Apoio Sócio-Familiar

Nós acreditamos que a família é o primeiro sujeito educativo e o responsável por construir o tecido humano na sociedade, por isso acompanhar as famílias é uma prioridade para nossa equipe. O acompanhamento familiar tem por objetivo sustentar a pessoa nos seus momentos de fragilidade e fortalecer seus membros para potencializar a sua função educativa e protetiva. Além disso, contamos com os parceiros que existem no território da família, fortalecendo quando o vínculo está enfraquecido, ou construindo laços quando não há.

Os valores que fundamentam o nosso método do trabalho com as famílias são:

Valorização da Pessoa: a pessoa é o centro de toda ação educativa da equipe, que se concentra em “tirar para fora aquilo que a pessoa já tem dentro de si”. Fazemos propostas para auxiliar a pessoa a descobrir o seu valor, as suas habilidades, as suas características que a tornam única e importante em sua família, e a descobrir que é capaz. Desta forma, a pessoa se fortalece, reconhece o valor da sua história, compreende que tudo que lhe aconteceu, formou quem ela é, e então, a pessoa, conscientemente, se torna protagonista de sua vida.

Olhar atento à realidade: As famílias enfrentam diariamente muitos desafios, que às vezes, têm dificuldades para resolver, portanto, consideramos todos os elementos que estão em jogo na vida da família naquele momento: a situação vivida e o que a família já possui, sua história, seu patrimônio, as características de cada membro. Auxiliamos, portanto, a família a avaliar e a se posicionar diante de cada situação, verificando com ela as possibilidades de apoio, buscando parceiros e suporte.

Fazer “com” e não “para” a família: “o fazer com” significa descobrir junto como se faz, sem fazer pelo outro. Para isso, é importante que cada profissional se coloque no lugar do outro, se comova e se coloque como suporte para auxiliar aquela família a dar o passo necessário. Portanto, significa trabalhar junto com a pessoa, favorecendo que ela se envolva com sua vida, com aquela determinada situação, resgatando para si a sua credibilidade.

Acolhe quem é acolhido: a experiência de ser acolhido é, em primeiro lugar, feita por nós, profissional das Obras Educativas. E ela é tão concreta, tão fundante e tão verdadeira que se torna proposta para as famílias. Portanto, é um caminho educativo vivido e  que é proposto ao outro.      

Outras instituições que oferecem esse programa

alguns

testemunhos

O apadrinhamento é uma oportunidade para darmos um sentido maior para nossas vidas, portanto um presente que Deus coloca...

Roberto Mingroni

Padrinho de Lukas Bryan Rodrigues Freitas – Creche Gilmara Iris

Escrevo para dizer do quanto estou agradecido pelo meu afilhado Yan, e por vocês me proporcionarem a oportunidade de...

Ricardo Soares

Padrinho de Luan Yuri Gusmão Ribeiro – Creche Dora Ribeiro

Primeiramente gostaria de agradecer muitíssimo pelo cartão de Natal que recebi com a foto da Drielly segurando o presente...

Camila Duarte

Madrinha de Drielly Souza Silva – Creche Gilmara Iris

Antes do acolhimento do meu filho, eu era uma mãe meio irresponsável e muito nervosa, não me preocupava em...

Carina Eugenia

Mãe de uma criança acolhida na Associação Casa Novella

Na creche é tudo muito simples graças ao amor e a energia incrível de Rosemary, quase que me esqueço...

Enrica

Voluntária Italiana

Oi, meu nome é Gabriel Michael, vou contar um pouco do que vivi no Centro Alvorada, foi uma experiência...

Gabriel Michael

Ex Educando Centro Alvorada